APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


quinta-feira, 12 de julho de 2012

TÍTULO DE CIDADÃO (Convite) - Gilberto Cardoso dos Santos

Tornou o comandante: Eu por grande soma de dinheiro adquiri este direito de cidadão. Paulo disse: Mas eu o sou de nascimento. - Atos 22:28


Lembrei-me de Atos 22:28 ao ser comunicado por Adriano Bezerra, via celular, que Gilvandelma, da Câmara de Vereadores local, estava à minha procura para entregar a carta-convite que me me levará à concessão do título de cidadão. Recordei-me, também, de um trecho da entrevista com Marta Ferraroque nos disse:

"Gostaria de agradecer a todas as autoridades da cidade e os seus cidadãos por me dar o título de cidadã. Um título que nunca na vida eu sonhei receber."

Minhas palavras não difeririam muito das de Marta. Para mim é uma honra, não tendo prata nem ouro, como disse Pedro (Atos 3:6),  ser agraciado com tal reconhecimento. 

Pedro finalizou suas palavras desapontadoras com uma adversativa alvissareira: "Mas o que tenho isto te dou". Fiquei me questionando sobre as possíveis coisas que dei Santa Cruz nestes anos todos em que aqui resido. Basicamente, dei aulas e trouxe conhecimento a muitos de seus cidadãos legítimos, alguns dos quais encontro hoje na esfera política, religiosa e a alguns que optaram pela área empresarial. Outros tornaram-se funcionários como eu, enfermeiros, advogados... (um outro dia, estando na barbearia de Joelson, um a quem não reconheci passou pelo recinto e logo retornou para dizer-se profundamente grato pelo que lhe ensinei, acrescentando que se tornara bancário); à semelhança do que Pedro fez com o pedinte, aprumei alguns versos de pé quebrados que correram a la Rubinho Barrichelo nas páginas de alguns cordeis e me trouxeram certa notoriedade; dei à cidade o espaço virtual chamado Blog da APOESC e através do "APOESC Recitando o Sertão" ajudei a abanar a fumegante chama da cultura local.

Se a minha querida colega de trabalho, a vereadora Odete, e todos aqueles que votaram pela minha indicação viram isto como sendo mais importante que prata e ouro, é sinal que ainda há na esfera política quem reconheça o devido valor da arte e da educação.

O comandante, no texto bíblico, disse que adquirira seu título por grande soma de dinheiro. Como Paulo, posso orgulhar-me de não ter dependido disto e mais ainda por nem ter precisado nascer aqui. Se fosse depender disto, jamais me tornaria(m) cidadão.

A cerimônia ocorrerá amanhã à noite, no Teatro Candinha Bezerra, a partir das 19h. De qualquer modo me faria presente a esta cerimônia, pois  o senhor Aderson Leão, da clínica Trairi, também receberá tal título e havia me convidado. Obviamente quando vi no envelope o "Ao Ilustríssimo Senhor Gilberto Cardoso dos Santos", senti uma motivação a mais para comparecer àquela casa de espetáculos, pois não é todo dia que a nós se dirigem utilizando termos tão respeitosos. Ali, serei parte de uma constelação. Vagalumearei timidamente mas com muita felicidade  por entre as estrelas do legislativo.

Ali espero encontrar os brilhantes colaboradores deste blog: Hélio Crisanto, Teixeirinha, Eduardo Paulo, Alessandro Nóbrega, André, Débora Raquiel, João Maria, Lindonete, Nailson, Joseni, Aldenir, Dona Cleudia, Adriano, Zenóbio (com a equipe de TV e câmeras), Camilo Henrique, Ivanilson, Marcos Cavalcanti, Maciel, Marcelo, João Estevam, Rita Luna, Dr. Epitácio e demais porventura penalizados por minha deficiente memória.

A presença de vocês certamente muito contribuirá para abrilhantar este momento único.