APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


domingo, 6 de maio de 2012

Simpósio: “Psicologia Ambiental, Poesia e Cultura da Paz” no Programa APOESC em Canto e Verso


A última atividade do Simpósio: “Psicologia Ambiental, Poesia e Cultura da Paz”, realizado no período de 20 a 21 de abril, em Santa Cruz/RN, foi um programa radiofônico na emissora de radiodifusão comunitária Santa Rita, conduzido pelos locutores-âncora Gilberto Cardoso dos Santos e Hélio Crisanto, integrantes da APOESC (Associação dos Poetas e Escritores de Santa Cruz).

Os participantes da atividade radiofônica foram recebidos pelo diretor da emissora Hugo Tavares Dutra, que ressaltou o caráter eminentemente comunitário da rádio e afirmou a sua filiação a ABRAÇO/RN (Associação Brasileira de Rádios Comunitárias, na seccional potiguar).

 Antes de iniciar o programa, o diretor Hugo Dutra conversou informalmente sobre assuntos culturais e ambientais com o pesquisador Aucides Bezerra de Sales, com o artista circense Alberi Silve e com o músico Cláudio Saraiva.

O médico psiquiatra e pesquisador Epitácio Andrade, um dos organizadores do simpósio, abriu a série de entrevistas que se seguiram, informando o êxito do evento com o relato das atividades que foram desenvolvidas e os desdobramentos resultantes das discussões.

O programa foi sequenciado com a participação da cantora Lysia Condé, que defendeu a música “Estradeiro”, poema de Hélio Crisanto, musicado por Zeca Brasil, no II Festival de Músicas do Cangaço, ocorrido na noite de 28 de abril, na Estação do Forró – Vila Ferroviária, em Serra Talhada, no estado de Pernambuco.
                           
Durante o programa a cantora, que é mestre em antropologia, falou sobre sua opção pela carreira musical, ressaltou o trabalho de difusão cultural desenvolvido pela APOESC (Associação dos Poetas e Escritores de Santa Cruz) e apresentou músicas, que estão na sua mais recente produção independente: um CD que também foi lançado durante o show poético-musical, ocorrido na noite de 20 de abril, como parte das atividades do simpósio: “Psicologia Ambiental, Poesia e Cultura da Paz”, na Pousada Riviera.

O show poético-musical, que fez parte da programação das atividades do simpósio e antecedeu ao programa radiofônico, contou com o apoio especial do casal Reinaldo e sua esposa, proprietários da Pousada Riviera.

A intervenção musical de Lysia Condé no programa radiofônico da Rádio Comunitária Santa Rita foi seguida por uma série de entrevistas conduzidas por Gilberto Cardoso e Hélio Crisanto, com o artista circense Alberi Silva, com o pesquisador Aucides Bezerra de Sales e com o músico Cláudio Saraiva.
                               
Afirmando sua descendência indígena, como proveniente da comunidade Amarelão, na zona rural do município de João Câmara, na microrregião do Mato Grande no Rio Grande do Norte, o policial militar reformado e artista circense Alberi Silva falou da importância da descoberta dos componentes étnicos de sua identidade. Ressaltando-se a semana dedicada ao índio, comentou sobre a influência da cultura indígena nas atividades circenses e afirmou que seu trabalho como mestre de cena do palhaço Facilita tem contribuído para melhorar sua auto-estima e para o seu processo de reabilitação psicossocial.


Durante a entrevista do remanescente indígena Alberi Silva, o pesquisador Aucides Bezerra de Sales da Fundação José Augusto, responsável pelo setor de etnia e cultura popular, esteve atento e logo na sequência falou sobre a história e costumes das nações indígenas do território potiguar e seus remanescentes atuais, como as comunidades de Sagi, em Baía Formosa; Catu, em Canguaretama; Amarelão, em João Câmara; e as comunidades do vale do Assu.

Com inúmeras intervenções telefônicas dos ouvintes do programa, que despertaram interesse pelas temáticas abordadas, como história e cultura indígenas, além de arte circense, destacando a história do palhaço Facilita e referências elogiosas à trajetória musical da cantora convidada Lysia Condé, seguindo-se por comentários dos locutores-âncora Gilberto Cardoso dos Santos e Hélio Crisanto, a atividade teve continuidade com interlúdios musicais da própria Lysia acompanhada por seu esposo Élio ao violão.

O programa foi encerrado com a apresentação da música “Estradeiro”, pela cantora Lysia Condé, acompanhada pelo instrumentista Cláudio Saraiva ao violão, sob os olhares atentos dos entrevistados Alberi Silva e Aucides Sales. Com esta atividade foi concluído o simpósio sobre psicologia ambiental, na sua interface com a poesia e com a cultura da paz. O simpósio foi uma realização sociocultural da APOESC em parceria com a Laboclínica de Santa Cruz/RN. 
Texto: Epitácio de Andrade Filho, Médico Psiquiatra e Pesquisador Social.