segunda-feira, 21 de março de 2022

Estou girassol (Lindonete Araújo)

 


Estou girassol (Lindonete Araújo)


Hoje me visto de girassóis

Na imensidão do mar 

Porque estou a sós

A me amar.

Vou caminhando, girando

Porque estou crescendo

Às vezes vou romantizando

E daí?

Para a arte, ando me cedendo

Porque já sou realista demais

Em tudo, desde anos atrás.

Atenta ao ego espiritualizado 

E ao processo inacabado

Me viro com meu lado emocional

Único, normal, e lógico, racional

Com raiz no solo

Busco a luz do sol

Me dou colo

E giro como um girassol.

3 comentários:

  1. Bela poesia 👏
    Maravilhosa😍🥰

    ResponderExcluir
  2. Como um girassol, o poema retrata uma constante busca, uma metamorfose, e ao mesmo tempo um encontro e aceitação própria, com uma reafirmação da auto estima.

    Belos versos!

    ������

    ResponderExcluir
  3. Que linda poesia, fiquei maravilhado, suas palavras soam como colo de mãe! Parabéns

    ResponderExcluir

Comentários com termos vulgares e palavrões, ofensas, serão excluídos. Não se preocupem com erros de português. Patativa do Assaré disse: "É melhor escrever errado a coisa certa, do que escrever certo a coisa errada”