APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

HÉLIO CRISANTO NASCEU PARA FAZER POESIA - Homenagem de Gilberto Cardoso e Amigos

J. Campos, Hélio e Gilberto Cardoso dos Santos



HÉLIO CRISANTO NASCEU 
PARA FAZER POESIA

MOTE: Gilberto Cardoso dos Santos

Estrofes de Gilberto Cardoso:

Ao poeta Hélio Crisanto,
Forrozeiro cinquentão
Sobre quem repousa o manto
Da divina inspiração,
Queremos, de coração,
Em versos dar primazia.
Pois hoje aniversaria
O que pouco envelheceu
E com certeza nasceu
Para fazer poesia.

Quando a Hélio ensinei
Lembro que era calado
Com ele jamais ralhei
Nunca foi mal educado
Me parecia antenado
Com as coisas que eu dizia
O seu olhar refletia
Profundidades no eu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Aos sete anos de idade
Em um cavalo montava
E em alta velocidade
Pelo campo galopava
Sua mãe se aperreava
Ao vê-lo na montaria
Um bom vaqueiro seria
Mas isso não ocorreu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

O seu pai, Celso Crisanto,
De fabulosa memória
Trouxe cordel e encanto
À humilde trajetória.
Teve existência sem glória
Mas cheia de fantasia
Com o tempo mudaria
Cedo seu dom floresceu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Três irmãs e dois irmãos
Dona Neuza trouxe ao mundo
Todos no caráter sãos
donos de um  saber profundo
Do pai, jamais iracundo
Herdaram sabedoria
O amor à cantoria
Neles se desenvolveu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Apesar do tempo ido
Está jovem e atraente
Meio século vivido
Com outra metade à frente
Afiado no repente
À idade desafia
Cada vez mais contagia
Com o dom que recebeu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Nasceu no Sitio Jacu
De Órfãos, lugar singelo
Teve infância sem tabu
Na contemplação do belo
Não carecia chinelo
Para agir como devia
Seu pai na rede dizia
Coisas que nunca esqueceu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

De Campestre a Santa Cruz
Onde raízes fincou
De Luiz susteve a luz
Suas brasas atiçou
Geógrafo se tornou
Mas noutra geografia
Se especializaria
Grandes alturas venceu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

 Feito planta catingueira
Resistiu à sequidão
É miolo de aroeira
Forte que nem um mourão
Na rima com perfeição
Pelo nordeste nos guia
É luz que nos alumia
Quando a mente tá um breu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Pra não entrar numa briga
Hélio dá uma boiada
E pra sair duma intriga
A fazenda inteira é dada
Da forma mais educada
Reage no dia a dia
Aprendeu diplomacia
Com o bom pai que Deus lhe deu
Hélio Crisanto Nasceu
Para fazer poesia.

Estrofe de Valdenides Cabral:

Deus lhe deu o primeiro verso
Recheado de emoção
É guerreiro do universo
Solta a voz e o violão
Faz do poema canção
Seu verso tem simetria
Quem ainda não sabia
E aos que sabem como eu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Estrofes de Adriano Bezerra:

Conhecer esse poeta
Foi uma felicidade!
Pois é de forma completa
Um exemplo de amizade.
A sua grande humildade
É o que mais contagia.
Tem no seu verso a magia
De inebriar quem já leu.
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

É artista e é completo
Seu talento não tem par
O seu hobby predileto
É fazer verso e cantar.
Seja em qualquer lugar
Que ele for leva alegria
Com sua arte irradia
E sempre me comoveu.
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Como os bravos nordestinos,
Na alma leva o sertão
Traz dele os detalhes finos
Na palma de sua mão.
Por isso com precisão
E grande sabedoria,
Mostra uma fotografia
Em cada poema seu.
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Estrofes de José Ferreira:

Com a métrica no ouvido
A inspiração na veia
A oração no sentido
E as rimas em cadeia
Com sobrenome de rosa,
Uma lira caprichosa,
Fluidez e maestria,
Fala quem o conheceu:
"Hélio Crisanto Nasceu
Para fazer poesia."

De quengo cheio de mote,
Como dizia Quirino,
Matava a sede no pote
Da verve, desde menino
Daí brotou verso, prosa
E seu texto, sua glosa
Foi crescendo a cada dia
Como disse um amigo meu.
Hélio Crisanto Nasceu
Para fazer poesia.

Estrofe de Rainilton de Sivoca:

Um presente que Jesus
Para o mundo concedeu
Direto de Santa Cruz
Aqui no Nordeste meu
Sempre mostrando talento
Um cabôco cem por cento
Que nos enche de alegria
Versando do jeito seu
Hèlio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.

Estrofes de Valdeilson Ribeiro:

 Um poeta inspirador
Um orgulho potiguar
É cordelista, é cantor
E o que mais precisar
Um artista competente
Destemido,  inteligente
Formado em geografia, 
No mote que "Gil" me deu
"Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia"

Um poeta de renome
Com todos os predicados
Poesia lhe consome
Seus versos são aclamados.
Meus parabéns pra você!
Que quando ainda bebê
Enquanto você nascia,
Santa Cruz estremeceu
"Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia"


+++++++++++++++++++++++



Estrofe de João Maria de Medeiros:

Leva uma vida reta
E a todos contagia
Tem na vida uma meta
De transmitir a alegria
Sua música é perfeita
A ninguém Hélio rejeita
E com muita simpatia
Juventude sempre em dia
Quem conhece Hélio sabe
Que nasceu pra poesia.


Estrofe de Laelcio Pontes:

Ao lado de Gilberto
Outro poeta inspirado
Que sempre trabalha certo
E os dois cantam lado a lado
Percorrendo nosso estado
Sempre com muita alegria
O amigo João Maria
O seu verso também leu
Hélio Crisanto nasceu
Para fazer poesia.


Ubirajara da Rocha escreveu:




VEJA TAMBÉM:

BLOG DA APOESC: Meio século de vida é muita estrada, Obrigado ...

apoesc.blogspot.com/2017/11/meio-seculo-de-vida-e-muita-estrada.html

1 de nov de 2017 - Meio século de vida é muita estrada, Obrigado meu Deus por mais um dia - Hélio Crisanto. Foram tantas veredas pedregosas. Na roleta do ...