APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


sábado, 8 de abril de 2017

A IMPORTÂNCIA DA MULHER EM OITAVÃO REBATIDO - Zé Ferreira e Gilberto Cardoso dos Santos


ZF

Caro Gilberto Cardoso
Você que é entendido
É poeta talentoso
E parece destemido
Peleja não repudio
Vim mexer com o seu brio
Lhe fazendo desafio
No oitavão rebatido.

GC

Poeta, estou por um fio
E sou um frouxo assumido
Um fumegante pavio
Um peito velho caído
O seu dom muito admiro
E nele até me inspiro
Mas não vou dar nenhum tiro
Neste oitavão rebatido.

ZF

A você eu me refiro
como um poeta aguerrido
Eu disse e nada retiro
Seu verso é bem conhecido
Deixe desse lenga-lenga
Esqueça um pouco de quenga
Vamos entrar na pendenga
Do oitavão rebatido.

GC

Voltemos nossa pendenga
Para um tema preferido
Poetizar uma arenga
Pra mim faz pouco sentido
Vamos meter a colher
Num tema bom, que é mulher
E seja o que deus quiser
Neste oitavão rebatido.

ZF

Seja como lhe aprouver
Pois no tema sugerido
Versar pra mim é mister
Pois nele estou imbuído
Começo no paraíso
Adão triste e indeciso
A mulher foi seu sorriso
No oitavão rebatido.

GC

Um mistério eu diviso
Jamais por mim entendido
Macho e fêmea foi preciso
Neste mundo evoluído
Um no outro se completa
Como o alvo e a seta
E assim nasce o poeta
Do Oitavão rebatido.

ZF

Mulher, essência dileta
Onde o poeta é nutrido
E no seu seio se aquieta
Logo depois de parido.
Só vive se amamentado
Só cresce se for cuidado
Só glosa nela inspirado
No Oitavão rebatido.

GC

Mulher é bicho sagrado
Que tem papel definido
O instinto que lhe foi dado
Torna o mundo colorido
Feito força do demônio
Pulsa no homem o hormônio
Que o leva ao matrimônio
No oitavão rebatido.

ZF

Qual gama de feromônio
Deixando o outro atraído,
Ocupa cada neurônio
Tira e dá o sentido.
De Deus é a melhor tela
Nesse mundo de procela
Só vivo por causa dela
No Oitavão rebatido.

GC

De fato uma mulher bela
Tem um poder desmedido
A nossa vida enovela
Alvo nos faz de Cupido.
É a força da natureza
Que nos atrai com beleza
Domina com sutileza
No oitavão rebatido.

ZF

A mulher é fortaleza,
É regaço pretendido
É pão que farta a mesa
É também jardim florido.
É conselho e é prudência
É amor e indulgência
Garra, labor, competência
No Oitavão rebatido.

GC

Não somente a aparência
Conta em um bom partido
Também a resiliência
E certo sexto sentido
Centuplicam seu valor
Fortalecem nosso amor
E a vida ganha esplendor
No oitavão rebatido.

ZF

A mulher tem meu louvor
Dela sou fã incontido
É o sal que dá sabor,
Música para o ouvido.
Quando ela está no meio
Se acaba o aperreio
Embeleza o que é feio
No oitavão rebatido

GC

Na Bíblia Sagrada leio
Que Davi, o escolhido
Diversas mulheres veio
A ter, por Deus permitido.
Ele, que matou Golias,
Entregue a muitas orgias
Quis a mulher de Urias
No oitavão rebatido.

ZF

É certo que as marias
Têm, na historia, influído
De sequela e avarias
Nada ficou esquecido
Eva, Dalila e Helena
Betsabah, Madalena
Médici , Ana Bolena
No oitavão rebatido.

GC

Catarina de Siena
Controlou sua libido
E se deu de forma plena
A Jesus, noivo querido.
Santa Rita até casou
Porém viúva ficou
E a Jesus se entregou
No oitavão rebatido.

ZF

Maria Stuart reinou
Logo após ter nascido
Margaret governou
Com firmeza o Reino Unido
Outros feitos se inclua
Valentina "foi à lua"
Marilyn Monroe posa nua
No Oitavão rebatido.

GC

Marilyn, cruzando a rua
Teve seu vestido erguido
A sua barra flutua
Pelo vento é impelido
Famosa, a fotografia,
Ao divórcio levaria
Por milhões se venderia
No oitavão rebatido.

ZF

O rol, no Brasil, diria
Das beldades é comprido
Citar até gostaria
Mas deixo subentendido.
Mulher brasileira é linda
Inteligente e ainda
Tem talento que não finda
No Oitavão rebatido.

GC

Temos Elisa Lucinda
Que me deixa seduzido
É poetisa e nos brinda
Com um olhar atrevido
Na Itália Cicciolina
A quem nosso olhar bolina
À distância nos fascina
No oitavão rebatido.

ZF

Agradeço à mão divina
Por ter, a mulher, tecido
E, do homem, a pobre sina
Ter, com ela, enriquecido.
Sem a mulher, vejo o mundo
como um poço sem fundo
Onde não fico um segundo
No oitavão rebatido.

GC

O velhinho moribundo
Sente-se fortalecido
E lança um olhar profundo
Ao ver um peito crescido
Um atrativo traseiro
E oferece dinheiro
Somente pra dar um cheiro
No oitavão rebatido.

ZF

Tem homem interesseiro
De intento pervertido
Vendo a mulher, por inteiro,
Com um olhar distorcido
Elas  não são objeto
Carecem só de afeto
Desejam família e teto
No oitavão rebatido.

GC

A mulher é um projeto
Poético incompreendido
É um poema completo
Soneto bem construído.
À humanidade transcende
No homem uma chama acende
A ela o meu ser se rende
No oitavão rebatido.

ZF

No salto ela ascende
E o pódio é garantido
Que meu verso a referende,
Leve o respeito devido.
Na sala, cozinha ou cama
Foi mulher a gente ama
Glosa pra ela e declama
No oitavão rebatido.

GC

Lady Di, famosa dama
Agitou o Reino Unido
Protagonizou um drama
Largamente difundido
De teor passional
O seu charme foi fatal
Para a Família Real
No oitavão rebatido.

ZF

No tema fenomenal
Aqui tão bem discutido
Chego ao trecho final
Sem havê-lo exaurido.
Dessa singela abordagem
Levo uma bela imagem
E deixo minha homenagem
No oitavão rebatido.

GC

Fizemos uma viagem
Com tema predefinido
Transmitindo uma mensagem
Que deixa o ser comovido
Nestas estrofes pensamos
Naquelas que mais amamos
E o tema não esgotamos
Neste oitavão rebatido.

ZF
  
E por aqui nós ficamos.
Espero termos cumprido,
Nas estrofes que deixamos,
O ideal pretendido.
Grande poeta Gilberto
A sua mão eu aperto
Prazer em tê-lo, decerto
Nesse oitavão rebatido.

GC

Estas estrofes oferto
A todas que nos têm lido
Sem sentimento encoberto
Também fico agradecido
Ao poeta Zé Ferreira
Que atapetou a ladeira
Para a mulher brasileira
Neste oitavão rebatido.