APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


quarta-feira, 1 de julho de 2015

HOMENAGEM PÓSTUMA FEITA EM VIDA A HUGO TAVARES - Gilberto Cardoso dos Santos


Quando Hugo ainda estava aparentemente saudável, e julgávamos que ainda o teríamos por longos anos, senti-me impulsionado a dedicar-lhe uma biografia em versos.

Neste opúsculo, eu escrevi entre muitas outras coisas o seguinte:


 [...]

Depois que Hugo morrer
Muitos irão recordá-lo
Discursos irão fazer
Pretenderão exaltá-lo
Serão discursos somente
Por isso é no presente
Que eu pretendo louvá-lo.

Falo independentemente
De posição partidária
Que ele tem sido influente
Na sua luta diária
E à democracia atende
em ações que empreende
Na Rádio Comunitária. 

No discurso é contundente
Quando está indignado
Desagrada a muita gente
Com o seu tom inflamado
Sua palavra é severa
Mas a seu favor coopera
Seu impoluto passado. 

Hugo tem sido uma luz
Nas trevas da impunidade
O povo de Santa Cruz
Sabe da boa vontade
Com que ele tem agido
E o quanto tem conseguido
Com sua tenacidade.
  
Esquecendo seus defeitos
Os quais decerto ele tem
Devemos olhar seus feitos
Em prol do povo e do Bem
Este vate e locutor
Tem espinhos mas é flor
Cujo perfume convém. 

Hugo vive de emoções
E ações impactantes
Seus defeitos são anões
Suas virtudes, gigantes
Quem o conhece de perto
Vê seu coração aberto
E amor aos semelhantes.
  
Mas o ser humano ingrato
Gosta mais de criticar
Mostra indevido recato
Na hora de elogiar
Porém disso não me privo
E é enquanto está vivo
Que o devemos louvar.
  
Hugo foi um divisor
De águas em Santa Cruz
Na função de opositor
Sempre buscou lançar luz
E graças à sua crítica
A corrupção política
Ano a ano se reduz.
  
 Publicou algumas obras
Cortantes como navalha
Denunciando manobras
Próprias da politicalha
Fazer que a democracia
Evolua a cada dia
é sua maior batalha.

O profeta, geralmente,
Sofre grande ostracismo
No meio de sua gente
Que o vê com pessimismo
Mas Hugo segue sonhando
Acordado e  batalhando
Pelo seu idealismo

Hugo precisa saber
De sua grande importância
Do bem que veio a fazer
Com a sua militância
sua bela trajetória
se mostrará meritória
Terá grande relevância.

[...]

Antes de publicar tão merecida homenagem, mostrei a ele e contei com sua total aprovação. Achei interessante porque nesta biografia registrei aspectos de seu comportamento e caráter à primeira vista objetáveis - o temperamento forte, por exemplo -, mas ele, com maturidade e manifestando espírito democrático, não se opôs ao que escrevi. Pelo contrário: parecia fazer questão que eu não passasse para o papel uma imagem fantasiosa a seu respeito. 

Meus contatos com Hugo perdem-se no túnel do tempo e são positivas as recordações que dele tenho. Nunca tivemos qualquer atrito. Estrangeiro como eu em Santa Cruz, só que há mais tempo radicalizado, ele acolheu-me direta e indiretamente. Nas suas lutas pelo CRUTAC e pelo campus local da UFRN, beneficiou-me.

Tive oportunidade de entrevistá-lo por mais de uma vez e fiquei bastante feliz com as respostas esclarecedoras que me deu em ENTREVISTA COM HUGO TAVARES.

Não tenho dúvidas de que Hugo deixará um vazio enorme, difícil de ser preenchido na cultura e na política do Trairi.

Que venham as merecidas homenagens de amigos e adversários. Antes tarde do que nunca. Estamos sinceramente sedentos por escutá-las. Por favor, não deixem de fazê-las.

Que neste momento afastemos quaisquer (in)diferenças e indisposições. Busquemos vislumbrar o gigante que se ocultava naquele homem de pequena estatura. Deixemos sua história mostrar-nos que tudo quanto fez foi visando o bem comum.

Que seus familiares, sua querida esposa e filhos, consolem-se nesse momento com a certeza de que Hugo cumpriu bem a missão que lhe foi designada.

Desejo que Hugo esteja mais vivo que nunca em nosso meio. Foi por isso também que intitulei esta postagem de HOMENAGEM PÓSTUMA FEITA EM VIDA A HUGO TAVARES.


Santa Cruz, 01.07.2015, dia de profunda tristeza para São Paulo do Potengi e para todo o Trairi.