APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


terça-feira, 1 de maio de 2012

Escurinho Vence Festival do Cangaço



O cantor e compositor pernambucano, radicado há várias décadas
na Paraíba, Jonas Neto Escurinho foi o grande vencedor do II Festival de Músicas do
Cangaço, realizado na noite de 28 de Abril, na Estação do Forró – Vila Ferroviária, em
Serra Talhada/PE, capital do xaxado e terra natal de Lampião, o Rei do Cangaço.

Foto: cedida
Escurinho: Melhor música, melhor intérprete

Quando Escurinho chegou à tarde, para “passar o som” de “Nas
Estradas de Bom Nome”, melhor música do festival, encontrou-se no museu do
cangaço, com seu amigo Epitácio Andrade, contemporâneo da Universidade Federal da
Paraíba, nos anos oitenta do século passado.

Foto: Cristina Cláudia



Epitácio Andrade e Escurinho

A performance de Escurinho defendendo a música vencedora
foi irretocável, valendo-lhe também o prêmio de melhor intérprete. Para o médico
psiquiatra e pesquisador social Epitácio Andrade, a letra de “Nas Estradas de Bom
Nome” é um convite ao engajamento político para o enfrentamento das questões
sociais.

Reprodução
Folder do Festival Musical

A segunda edição do festival musical do cangaço foi organizada pelo
ponto de cultura “Cabras de Lampião”, patrocinada pela secretaria de cultura de
Pernambuco, tendo mais de 90 composições inscritas, oriundas de todo país, e foram
selecionadas vinte para a etapa final.

Foto: Pousada Lampião
Escurinho recebendo A Saga dos Limões

Na manhã seguinte à vitória de Escurinho, Epitácio Andrade foi
parabenizá-lo na Pousada Lampião, onde estava hospedado, e lhe presentear com um
exemplar de seu livro “A Saga dos Limões – Negritude no Enfrentamento ao Cangaço
de Jesuíno Brilhante”.