APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


quarta-feira, 7 de março de 2012

PENSAMENTOS... - João Estevam



É muito comum encontrarmos pessoas que falam sem pensar. Pessoas que sequer fazem idéia do que estão dizendo ou que até sabem, mas por puro comodismo acabam deturpando o significado das palavras. Semana passada eu estava atendendo um cliente e devido à demora no processamento de uns dados na internet, o cliente perguntou: - Ainda está pensando? – referindo-se ao computador. Educadamente respondi que sim, mas fiquei matutando com meus botões...
Aproveitei meu horário de almoço para fazer uma pesquisa, já que há muito deixei o velho hábito de dormir após o almoço – dizem que a sesta cresce a barriga e a minha... bem essa é outra historia – como todo velho e bom curioso, fui “perguntar a quem sabe mais”. O Mini Aurélio Escolar – 4ª edição – Novas Fronteiras que apesar de “mini” raras vezes me deixou sem resposta, verdadeiramente só me lembro de duas – uma quando procurei pelo “matita pereira” e a outra quando procurei a catumbela - contribuiu com uma definição  de pensar – “Formar no espírito pensamentos ou idéias”. Já a wikipédia descreve o ato de pensar como uma “faculdade do sistema mental”, logo, própria do cérebro e impossível para uma máquina já que esta não o possui.
Há inclusive uma nova vertente científica acreditando que o cérebro funciona em “stand by” –o stand by é um modo de funcionamento de alguns aparelhos eletrônicos, no qual mesmo o aparelho estando desligado, seus circuitos continuam energizados e que tem a função de proteger o equipamento – ou seja, quando estamos com algum problema o cérebro continua tentando resolvê- lo satisfatoriamente mesmo que não estejamos efetivamente pensando sobre ele, e este fenômeno tem nome, é a serendipicidade. Sabe aqueles momentos inesperados em que as soluções dos problemas aparecem? Pois é, a culpa é dela.
Pensar é próprio do ser humano, mas será que todos pensam? E olhe que é de graça... Platão considerava que o homem vivia uma eterna ilusão preso em uma caverna... mas se assim for alguns vivem numa caverna dentro de outra caverna, vivem a ilusão de viver uma ilusão. A Sociedade cria autômatos – seres exímios realizadores das mais diversas e por vezes complexas tarefas, mas desprovidos da capacidade de pensar que são manobrados facilmente por palavras bonitas de espertalhões sem ética e sem moral que querem apenas surrupiar seus bolsos e mantê-los até o fim de seus dias nos confins da “caverna de Platão”. Sigam meu conselho, meus amigos, não deixem para amanhã, PENSEM! Ensinem seus filhos a PENSAR..