APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


domingo, 30 de outubro de 2011

“A Saga dos Limões” Será Lançada em Comunidade Indígena


“A Saga dos Limões” Será Lançada em Comunidade Indígena, nesta segunda-feira, 31/10/2011

 

  Escola Municipal onde acontecerá o lançamento do livro

 

Dudé Viana, Luiz Katu e Epitácio de Andrade dias antes... trabalhando no projeto do evento

 

“A Saga dos Limões” Será Lançada em Comunidade Indígena
                           O livro do Médico Psiquiatra e Pesquisador Social Epitácio de Andrade Filho, intitulado “A Saga dos Limões – Negritude no Enfrentamento ao Cangaço de Jesuíno Brilhante”, será lançado neste dia 31 de Outubro, segunda-feira, a partir das 14 horas, na Escola Municipal “João Lino”, na Comunidade Remanescente Indígena Catu, localizada na zona rural nos limites dos municípios de Canguaretama e Goianinha, na região fronteiriça do Agreste com o Litoral Sul do Rio Grande do Norte.
                           O lançamento do livro do Médico Psiquiatra está inserido na programação da 31ª Festa da Batata, que está ocorrendo na Comunidade Catu, no período de 29 de outubro a 1º de novembro, dentro da mostra de cultura indígena, que é diversificada com palestra sobre saúde mental, proferida pelo próprio autor, e com intervenção musical do Cantor Dudé Viana, que apresentará a música “Cantofa e Jandi”, poema do Indigenista Aucides Bezerra de Sales, versando sobre o morticínio da nação indígena potiguar.
                          
                           O convite para a participação na Mostra de Cultura Indígena da Comunidade Catu ao Médico Epitácio Andrade partiu do Líder Indígena José Luiz Soares, “Luiz Katu”, que também idealizou o momento cultural envolvendo o Pesquisador Aucides Sales, que trabalha na Comunidade há muitos anos, e o Cantor e Compositor Dudé Viana, de quem Aucides é parceiro cultural.

                             De imediato, o Escritor-médico Epitácio aceitou o convite do Professor-índio Luiz katu, que luta ao lado de seus irmãos pela preservação da tradicional “Dança do Toré” e pela manutenção da consciência indígena, ameaçada de extinção pelo poderio da indústria sucroalcooleira.