APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


domingo, 21 de agosto de 2011

“A Saga dos Limões” Terá Lançamento em Natal


Inserido no Projeto Cultural “Diálogos Criativos”, idealizado e
coordenado pelo educador e jornalista italiano Antonino Condorelli, o livro “A Saga dos
Limões – Negritude no Enfrentamento ao Cangaço de Jesuíno Brilhante”, do médico
psiquiatra e pesquisador social Epitácio de Andrade Filho, será lançado no próximo dia
29 de agosto, a partir das 18 horas, na livraria Siciliano do Shopping Midway Mall, no
centro de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Foto: Raquel Condorelli

O escritor Epitácio Andrade será apresentado pelo professor do
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)
João Batista de Moura, que em 2001, após voltar do mestrado em Tecnologia
Educacional na Universidade do Arkansas, nos Estados Unidos, “desenvolveu
frutífera parceria cultural com o Dr. Epitácio resultando na edição do livro ‘Uma
Viagem ao Ceará’, de autoria de sua mãe Dona Severina Saraiva de Moura”.

Foto: Cedida
“A Saga dos Limões” é um ensaio historiográfico que resultou
de um consolidado de pesquisas sobre o segmento étnico representado
pelos “Limões”, principais algozes do cangaceiro potiguar Jesuíno Brilhante
(1844-79), que resistiram ao recrutamento forçado para a Guerra do Paraguai
e foram agentes proativos na Insurreição dos Quebra-quilos, como afirma o
antropólogo da cultura afro-brasileira e indígena Geraldo Barboza de Oliveira
Junior, que estará responsável pela apresentação da obra.

Foto: Epitácio Andrade
As apresentações orais serão intercaladas por interlúdios
musicais a cargo dos instrumentistas Emerson Carpegiane e Reinaldo
Sanfoneiro. Separando as apresentações e a intervenção do autor haverá o
lançamento do Cordel “O Doutor e o Cangaceiro”, do poeta Gilberto Cardoso dos Santos,
e do Documentário “Cangaço e Negritude”, produzido pela Rede Potiguar de
Televisão, sob a coordenação da Jornalista Ana Paula Lopes.
Os amigos estão sendo convidados pelas redes sociais, e
o casal Júlio-Juliana Ischiara, do grupo Cariri Cangaço, está sendo convidado
para colaborar com a crítica literária, que ficará sob a responsabilidade dos
jornalistas Emanoel Cândido do Amaral e Vicente Serejo.
O pesquisador Emanoel Amaral foi o responsável pelo resgate
da chave e do cadeado (na foto) da casa do Coronel João Dantas de Oliveira,
principal articulador da emboscada fatal que ceifou a vida do cangaceiro
Jesuíno Brilhante, constituindo-se em importantes peças museológicas da
estação cultural de Patu, no médio-oeste do Rio Grande do Norte, terra natal
do “cangaceiro romântico”, como ficou mitificado. Emanoel Cândido do Amaral,
que foi um dos consultores da obra de Epitácio Andrade, é um dos maiores
especialistas no cangaço pré-lampiônico.


Maior especialista na obra do folclorista Luiz da Câmara
Cascudo, o respeitado jornalista Vicente Serejo encerrará o ciclo discursivo do
lançamento de “A Saga dos Limões”, tecendo comentários críticos sobre os
aspectos formais do ensaio do pesquisador Epitácio Andrade Filho. O evento
será concluído com a sessão de autógrafos, quando será servido um cocktail,
tradicionalmente cangaceiro, para o público convidado.