APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


sábado, 13 de abril de 2013

DE QUEM É A CULPA? - Marcelo Pinheiro


Marcelo Pinheiro
Há pouco tempo Justus tinha sido preso em flagrante delito. Quando chegou à DRP foi ouvido e liberado, pois o “arrastão” que tinha praticado numa escola pública da cidade fora sem violência ou grave ameaça aos funcionários e alunos. Além disso, ele tinha “apenas” 17 anos, 11 meses e 28 dias de idade.

Uma turma de amigos que conversa em frente da delegacia ficou indignado quando Justus foi solto:
- Isso é um absurdo! - disse Zé. A puliça prende e sota na merma hora. Era mió nem prender.
- Diga isso não, rapaz – reprovou seu amigo João. Ele é “de menor” e a polícia não pode mantê-lo preso. A culpa é do juiz que não manda prender.
- O juiz também não pode fazer o que tem vontade, João. Ele tem que cumprir a lei. Se a lei diz que menor não comete crime, o que o juiz pode fazer? – interveio Antônio.
- Por isso eu acho que a lei deveria mudar – retomou João. Maior de 16 anos já era para ir pro xadrez.
- E onde iam meter tanta gente, homem? – retrucou Antônio. As penitenciárias não cabem mais nem quem é “de maior”, imagina essa molecada toda.
- Ué, era só construir mais presídios – concluiu João.
- Penso que seria melhor construir mais escolas, moradias dignas, postos de saúde, áreas de lazer etc. – sugeriu Antônio.
- Purisso Sô a favô da pena de morte – arrematou Zé. Assim um infeliz como esse Justu não daria mais trabalho. Pelo meno alguém sabe de quem essa peste é fie?
- Ele é filho de “Pingunço”, aquele bêbado que vive caído à porta do mercado público – informou Antônio. Sua mãe mora no “Morro do Escorpião” e vive com o perigoso “Chico Mau”. Aquele mesmo que furtou um saco de biscoito porque estava desempregado e pegou quatro anos de reclusão. Depois que saiu da cadeia virou bandido. Dizem que agora também bebe muito e quando bebe espanca a mulher (mãe de Justus). Justus já prometeu que quando faltar um dia para ficar “de maior” enfia-lhe uma bala no meio da testa.
- Então é hoje. Ele fica “de maior” hoje – informou Zé. Vamo ficar aqui que ele vota já.
- Meu Deus, para que Justus foi nascer? – se perguntou Antônio, saindo de fininho.