APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


sexta-feira, 12 de abril de 2013

UM OLHAR SOBRE A CIDADE - João Maria de Medeiros


Estive pensando, estava pensando e hoje penso mais ainda sobre a situação a que chegou nossa cidade. A terra de Santa Cruz não merece viver sob um estado de violência ao ponto que chegou! Para quem não sabe, nossa terra é uma das cidades mais violentas. Se não me engana a memória, Santa Cruz é hoje a 10ª cidade mais violenta do Estado. 
Ah, não é a memória que me engana, mas é que os dados, os números de homicídios estão sempre aumentando cada dia que se passa. A maioria das vítimas são jovens que estão perdendo suas vidas prematuramente. Num dia já foi a 16ª, noutro foi a 12ª mais violenta cidade do Estado.  Se continuar crescendo assim, onde vamos chegar?
E Isso pode parecer, mas não é obra do acaso. Pode parecer para muitos, que isso acontece simplesmente por acontecer. Mas repito, não é obra do acaso.
Está mais que provado que a violência aumenta onde não há oportunidade de emprego e renda; ocupação; onde a educação é coisa de segundo, terceiro ou sei lá qual plano; Onde as gestões não investem ou investiram no ser humano; Não investem ou investiram na educação, na saúde, na segurança, no surgimento de emprego e renda.
Fizeram e fazem obras, é verdade e não se pode negar. A cidade está muito mais bonita fisicamente. Está. Mas infelizmente, não está bonita nos aspectos sociais: Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um dos piores entre as cidades médias do Estado; As pessoas morrem pela falta de uma UTI- prometida, mas nunca cumprida; O cidadão comum vive em total falta de segurança; E se não fossem os programas sócias de combate à pobreza, e as aposentadorias rurais, estaríamos numa situação muito pior.
Se as gestões tivessem feito investimentos físicos, como realmente fizeram, mas também tivessem feitos investimentos nas pessoas, hoje Santa Cruz não amargaria dados tão alarmantes e desconfortáveis para seus moradores, que é o que ela tem de melhor. E esses gestores, consequentemente, estariam dormindo em paz consigo mesmos.
Essa é amigos ,pelo menos, a nossa sincera e humilde opinião.

***João Maria de Medeiros é professor, poeta e cronista.