domingo, 2 de outubro de 2022

AS BORBOLETAS VERMELHAS

 









As borboletas vermelhas (Siomara Spineli)


As borboletas vermelhas

Tentam polinizar com liberdade

Os jardins desencantados do velho oeste

Seco, árido, túmulos infestados de dores

Elas tentam reflorir os jardins

Rosas vermelhas desabrocharão

Pintarão o dia de esperança

De fartura e perfumes

As borboletas vermelhas vagam

Com fé

Para redescobrirem os jardins

Ainda não esquecidos.


Siomara Spineli





3 comentários:

Comentários com termos vulgares e palavrões, ofensas, serão excluídos. Não se preocupem com erros de português. Patativa do Assaré disse: "É melhor escrever errado a coisa certa, do que escrever certo a coisa errada”