sábado, 19 de março de 2022

O DRAMA DO EDUCADOR - Gilberto Cardoso dos Santos

 


O DRAMA DO EDUCADOR

(Gilberto Cardoso dos Santos)

 

Enquanto em outras nações

Valorizam a educação,
Os políticos brasileiros

Caminham na contramão.
Pagam mal aos professores,

Dificultam seus labores

E suprimem seus direitos.

Às vezes querem que ensinem

Ideias que disseminem

Os mais cruéis preconceitos.

 

É por isso que à docência

Quase ninguém dá valor.

Jovens dizem: “Deus me livre

De querer ser professor.”

Vemos que em outros países

Educadores felizes

Trazem progresso à nação.

Os daqui são humilhados,

Ofendidos e explorados.

Penosa é sua missão.

 

Não são poucas as piadas

Retratando a realidade.

Numa delas se relata

Que numa grande cidade

A jovem ia passando

E viu um sapo pulando,

Vindo em sua direção.

A moça, meio assustada,

Se sentiu paralisada

Diante da aparição.

 

Ela quase desmaiou

Ao ver o sapo falar:

“Moça, por favor me escute,

Não precisa se assustar!

Não sou sapo de verdade.

Beije-me, por caridade,

Para que eu volte ao normal.

Reprovei quem merecia

E alguém fez-me bruxaria,

Acabei me dando mal!”

 

“Não tenha nojo de mim,

Pois eu sou sábio e bonito.

Você é linda também

E é solteira, eu acredito,

Pois está sem aliança.

Você é minha esperança

De não ser atropelado.

Se você me libertar,

Nós iremos namorar

E hei de viver ao seu lado.”

 

Ela abaixou-se sorrindo,

Com cuidado o segurou.

Apressada, abriu a bolsa

E dentro dela o guardou.

E o sapo aflito a pular

Disse: “Não vai me beijar?!

Beije logo, por favor!”

E ela disse: “Negativo!

Você é mais lucrativo

Que um marido professor.”

 

"Vi como professor sofre

No meu tempo de estudante.

Vou ganhar muito dinheiro

Com meu sapinho falante!"

E o educador, coitado,

Viu o seu plano frustrado

Só por causa da ambição

Dos que querem sempre mais

E põem lucros pessoais

Acima da Educação.

 

Um dia ainda seremos

Tratados dignamente.

No dia em que o professor

Se tornar mais consciente,

Seus direitos exigir

E da luta não fugir,

Nós iremos triunfar.

Venceremos a opressão,

Pois a nossa maldição

É ter medo de lutar.





4 comentários:

  1. (Aplausos!)
    Professores são fundamentais para termos uma sociedade mais consciente de direitos e deveres!

    ResponderExcluir
  2. https://www.facebook.com/joaomaria.medeirosdantas19 de março de 2022 09:10

    Parabéns pela bela poesia em nossa defesa, grande vate!
    Lamento profundamente o descaso com os professores no Brasil. Infelizmente, em quem até depositamos nossas confianças, nos deixam frustrados.

    ResponderExcluir
  3. Didático e bem construído poema! Excelente!!!

    ResponderExcluir
  4. Poesia de engajamento social. O belo a serviço do bem.

    ResponderExcluir

Comentários com termos vulgares e palavrões, ofensas, serão excluídos. Não se preocupem com erros de português. Patativa do Assaré disse: "É melhor escrever errado a coisa certa, do que escrever certo a coisa errada”