APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


domingo, 26 de julho de 2015

Uma noite inesquecível: As Crônicas de Marcos - João Maria de Medeiros


Tem coisas que a gente não pode deixar de fazer e, mesmo estando fortemente gripado, não estando no melhor de mim, não posso deixar de fazer; de escrever sobre o evento que participei ontem a noite no Teatro Candinha Bezerra, o lançamento do livro de crônicas "ACONTECÊNCIAS: RETRATOS DO MEU INHARÉ" do meu amigo Marcos Cavalcanti.
Em noite inesquecível, Marcos nos brindou, além do lançamento do seu livro, com um momento cultural exuberante, onde diversos artistas locais se apresentaram e deram exemplos de como se faz cultura e arte.
Vimos, logo na abertura a sutil e bela apresentação do musicista Washington Silva, depois os impressionantes versos improvisados do talentoso rapper Don Itanildo. E intercalando com o vai-e-vem do escritor (ao ser também, ao mesmo tempo, sendo mestre de cerimônia, no lá e cá com a venda e autógrafos dos seus livros, como o jogador que cobra o escanteio e ainda corre pra fazer o gol de cabeça acabou levando a plateia a risos), se apresentaram ainda o Geração Perdida e os artistas do Arte Viva, com homenagens a Hugo Tavares. As filhas de Marcos também, provando a máxima de que filho de peixe, peixinho é, também deram um show.
Ao apresentar sua obra, Marcos citou várias pessoas que, assim como ele nesse momento, têm prestado grandes serviços de registro do nossa memória, como Padre Severino Bezerra, Armando, prof. Nailson Costa, Prof. Edgar Santos, Mestre Camilo, Gilberto Cardoso, estes e tantos outros. Fiquei muito feliz e o ego foi lá pra cima, quando também citou minhas poesias e crônicas como de grande importância.
Disse ainda que o livro "ACONTECÊNCIAS: RETRATOS DO MEU INHARÉ" nasceu quando, em abril de 2014, ao participar de uma mesa redonda a convite da DIRED sobre a crônica literária com os escritores Gilberto Cardoso, João Maria de Medeiros e Gilvan, num debate envolvente, confessou a sua esposa Sueli a intenção de publicar uma crônica.
Como disse no início, não poderia deixar de homenagear Marcos por tão grande feito..Percebemos que o evento foi além das expectativas e que a obra foi bem-vinda e contribuirá com nossa história, com nossa cultura. 
Quem for vivo verá...