APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


sábado, 26 de novembro de 2011

CHICLETE COM BANANA PARA TODOS



Chiclete com Banana para todos
O próximo evento no Teatro Municipal Candinha Bezerra, será um grande programa para quem gosta de teatro, arte e história. O grupo teatral Unp em Cena apresenta o espetáculo Chiclete com Banana para todos. Texto de Ruth Freire e direção Ana Francisca. A peça retrata a Natal dos anos 1940.
Após estréia realizada em Natal com sucesso de público e crítica no Teatro Alberto Maranhão, dia 19 de outubro, O Grupo se prepara para se apresentar em Santa Cruz com o apoio do Governo Municipal através da Secretaria Municipal de Cultura.

O Texto “CHICLETE COM BANANA PARA TODOS” resgata com muita música, romantismo e humor, um episódio pouco conhecido da história e da formação cultural do nosso país: A convivência de brasileiros Natalenses, com soldados americanos da base de Parnamirim Field, em Natal, durante a 2ª Guerra Mundial (1940 a 1945). Um momento em que a influência americana altera a realidade brasileira e deixa raízes para o resto do século, elencando a cidade do Natal, segundo Câmara Cascudo, ainda provinciana numa cidade com ares do modernismo e de novas tendências culturais.
Por sua localização privilegiada como ponto do continente americano mais próximo da África, Natal foi palco do pacto que selou a participação do Brasil no maior conflito do Século XX, lutando ao lado dos aliados. Não apenas com o envio de tropas à Europa, os brasileiros também contribuíram permitindo que o governo dos EUA construísse uma base aérea na cidade de Parnamirim, apelidada de “Trampolim da Vitória”, de onde partiram os aviões que combateram o exército alemão e o italiano nos desertos africanos e no mar Mediterrâneo.
No entanto, Cerca de quinze mil soldados estrangeiros passaram pela base e suas presenças influenciaram a vida dos natalenses da pequena província, alteraram a estabilidade das famílias locais trazendo não somente dólares e eletrodomésticos, mas também o glamour de uma cultura de Hollywood, a música das grandes bandas e a sensualidade de cantoras e atrizes famosas.
Dentro desse contexto, Várias histórias paralelas são contadas no espetáculo: Uma jovem que troca o namorado por um piloto norte-americano, as artimanhas de Zé Areia, Maria Boa com seu bordel que encantou aos americanos, sendo merecedora de uma homenagem, Os bailes realizados na base militar, onde costumava comparecer astros e estrelas americanas,  Ao contrário dos bailes de sábado, que eram privativos dos estrangeiros, os de domingo eram abertos para todos, ou seja, “for all” - termo que foi transformado por nós e chamado de forró, caracterizando os bailes populares.

ELENCO

1-    Alberto Oliveira
2-    Ana Célia Sousa
3-    Ana Patrícia Pereira
4-    Antonio Neto
5-    Dayane Cristine Amorim
6-    Daniel Freire
7-    Denise Chaves
8-    Diego Henrique Ferreira
9-    Flávia Maia
10-Flávio Nascimento
11-Karol Pereira
12-Ilma Medeiros
13-Janaina Damasceno
14-Zé Carlos Araújo
15-Jhully Beatriz Pereira
16-Juliclécia Santos
17-Kátia Pereira
18-Katiana Medeiros
19-Leonardo Figueiredo
20-Lucas do Nascimento
21-Marleide Soares
22-Nayara Priscila de Assis
23-Reyes Felipe
24-Rodollf Philippe Santos
25-Rosalvo Lawrynmuk
26-Sandemberg Oliveira
27-Sandro Torres
28-Thiago Emanoel
29-Thianna Câmara
30-Beatriz Araújo

Ficha técnica:
Direção Cênica: Ana Francisca Oliveira
Figurino e Cenografia: Ana Francisca e Sandemberg Oliveira
Iluminação: Ewerton Thiago
Coreografia: Anizia Marques
Assessoria Vocal: Fonoaudióloga Liliane Azevedo
Criação e arte: Ewerton Thiago, Alberto Oliveira e Sandemberg Oliveira