APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

MARCELO PINHEIRO: ADVOGADO, ESTUDIOSO E SONHADOR


ENTREVISTA com MARCELO PINHEIRO
Entrevistador: Gilberto Cardoso dos Santos

1.    Marcelo, você realizou um grande feito ao construir o centro de festividades IMPERIUM, fantástico salão de eventos que faltava à região do Trairi.  Fale-nos, dessa deslumbrante obra, dos propósitos que o levaram a empenhar-se com tanto esmero nessa construção.

MARCELO: Como falei no discurso de inauguração, duas coisas me levaram a construir a IMPERIUM: a) uma necessidade, pois Santa Cruz não tinha um espaço bacana, onde as pessoas pudessem realizar eventos como baile de formatura, casamento, aniversário etc., com conforto e sem se preocupar com hora, pois os espaços do ramo que existem, além de inadequados para tais eventos, incomodam a vizinhança; b) um sonho de ver materializada a satisfação da necessidade. Foi e é assim com todos os inventos humanos, pois, como dizia Shakespeare na sua obra, Hamlet, “Somos feitos do mesmo tecido dos nossos sonhos.”.

2.    Estive na inauguração e pude sentir a sensação de êxito não apenas sua, mas de todos os que deram a mão na realização do evento. Um dos parceiros, por sinal, muito o elogiou, disse que você teve uma grande sacada ao agregar representantes do empresariado local. Todos ali pareciam torcer vivamente para que tudo ocorresse às mil maravilhas. Comente sobre isso.

MARCELO: No mundo de hoje, ninguém realiza algo importante sozinho. Acredito que as parcerias são fundamentais ao sucesso no mundo dos negócios. Foi isso o que fiz, busquei parceiros que são destaques em seus ramos de atuação e os convidei para fazer parte da equipe.

3.    Ao lado do imponente salão IMPERIUM você construiu um balneário que em nada deixa a desejar aos da região. Aliás, os que alugarem o salão também poderão inclui-lo no pacote. O lugar onde ergueu estas duas estruturas tem um grande significado em sua vida. Fale-nos disto.

MARCELO: Realmente, pois é dali que trago muitas memórias remotas que até hoje me servem de lição de vida. Aquele lugar era um roçado da família, onde plantávamos milho, feijão, jerimum etc. Lá aprendi três grandes princípios de vida: 1) para colher, é preciso plantar; 2) colhemos na vida aquilo que plantamos; 3) não podemos comer tudo aquilo que colhemos. É evidente que naquela época eu não tinha a clareza da verdade por trás desses princípios. Mas todas as vezes em que lia sobre isso (e vi essa verdade nos livros de muitas religiões e na filosofia), eu me lembrava dos aprendizados da infância. Na adolescência ao voltei ao roçado para estudar no velho rancho que havia no lugar onde foi erguido a IMPERIUM.

4.    Percebe-se na sua vida uma mudança radical em diversas áreas. Fale-nos do Marcelo de antes e de suas origens.

MARCELO: As mudanças são apenas a colheita do que plantei no passado. O hoje nada mais é do que o futuro do ontem. Plantei muitas horas de estudo, não só no Direito, mas em conhecimentos como empreendedorismo e administração de negócios.

5.    Teve você uma infância propícia ao êxito na vida? Fale-nos das circunstâncias adversas, das más influências e de suas atitudes erradas em relação aos estudos.

MARCELO: Tive uma infância boa, mas com muitas limitações financeiras e intelectuais impostas pelo meio. Nasci e cresci num bairro pobre e violento (muitos dos meus amigos de infância foram vítimas fatais desse meio), que não oferecia qualquer perspectiva ou incentivo ao crescimento metafísico nem financeiro. Estudei a vida inteira em escola pública, que também não oferecia boas condições de evolução nos estudos.

6.    Houve um divisor de águas em sua vida. Conte-nos sobre como e quando se deu o grande despertar.

Na verdade, eu sempre fui curioso e ávido pelo conhecimento, apesar do baixo estímulo. Mas por volta dos meus 18 anos de idade eu decidi mudar o rumo da minha vida me aplicando aos estudos. Foram cerca de quatro anos de imersão para recuperar o tempo perdido. De lá para cá, estou sempre buscando saberes que eu considero importantes.

7.    Mesmo formado e bem-sucedido como advogado, você continua a buscar o conhecimento acadêmico e a ler bastante. Qual a importância disto em sua vida?

Saber é uma medida que não se enche e quanto mais sabemos, mais portas se abrem diante de nós. Como sou sedento de conhecimento, quase sempre minha curiosidade é atraída para algo novo, para uma área que ignoro. Isso tem feito muita diferença na minha vida, pois não basta ser bom naquilo em que se é especialista. Conhecer um pouco do máximo de áreas diferentes é fundamental. E quanto maior for o alcance dessa diversidade, maiores as chances de sucesso.

8.    Por que escolheu formar-se em Nutrição depois de formado em Direito?

O conhecimento científico cresce de forma exponencial em todo o mundo e cada vez mais descobertas apontam no sentido de que a saúde depende muito mais do meio do que da genética. Isso significa que com a não ingestão de determinados nutrientes e o consumo de outros, podemos modular a expressão gênica de muitas doenças, inclusive o câncer, impedindo sua manifestação. Como considero a saúde um bem de valor inestimável, resolvi buscar esse conhecimento. 

9.    A maior parte das pessoas acomoda-se ao atingir um nível satisfatório na vida. Esse não parece ser o seu caso. Tem avançado e dado significativos passos na vida empresarial. Dá-nos a impressão de que ainda tem muitos sonhos a concretizar. Qual a importância do sonho em sua vida? Além de sonhar, o que é necessário fazer para ter sucesso na vida?

Sim, com certeza.
Alguém inteligente já disse que não morremos quando paramos de viver, mas quando paramos de sonhar. O futuro é incerto, mas uma coisa é verdadeira: o que colho hoje é fruto daquilo que plantei no passado. Portanto, plantando boas sementes hoje, acredito que a probabilidade de uma boa colheita à frente é grande. O sonho, porém, é apenas o primeiro e mais fácil dos passos, é preciso muito planejamento, dedicação e trabalho. Muita gente sonha, mas para por aí, por isso não alcança o sucesso.

10. A leitura teve um papel fundamental em todo esse sucesso. Que obras foram impactantes em sua vida?

Considero que sucesso não se restringe ao campo das finanças. Antes disso, está na formação intelectual e conduta ético moral que arquitetamos ao longo da vida. Assim, cada livro, seja ele qual for, sempre deixa algum princípio, algum conhecimento que podemos aproveitar e aplicar à vida. Portanto, a influência não veio necessariamente de leituras voltadas ao sucesso em sentido estrito. Acho que as 10 obras que mais me influenciaram foram: 1) Bíblia; 2) Pálido ponto azul (Carl Sagan); 3) Uma breve história do tempo (Stephen Hawking); 4) A lei do triunfo (Napolion Hill); 5) O sucesso não ocorre por acaso (Lair Ribeiro); 6) A era das máquinas espirituais (Ray Kurzweil); 7) A medicina da imortalidade (Ray Kurzweil); 8) Universo autoconsciente (Amit Goswami); 9) A Física do Futuro (Michio Kaku); 10) Eram os deuses astronautas? (Erick Von Daniken).
 
11. Com tão pouca idade você fez coisas admiráveis, como ir à Europa mais de uma vez. Que papel essas viagens tiveram em suas atitudes e percepção?

Fui à Europa três vezes e foi um grande sonho realizado. Visitar lugares como Roma, Veneza, Paris etc., que escreveram a história do Ocidente, foi uma experiência formidável, sobretudo para quem admira a arte e a cultura, como eu. Essas viagens me mostraram a sociedade humana pode ser mais organizada e consciente.

12. Sempre que alguém tem uma ascensão aparentemente meteórica como a sua, põe-se em xeque a idoneidade do exitoso. Você sempre me pareceu muito correto em seus negócios e digo-o por experiência própria. Como é possível alguém subir na vida honestamente em um país como o nosso? Ensine-nos o caminho das pedras.

Não considero que subi tanto assim. Considero que há duas formas básicas de se alcançar o sucesso: 1) trabalho com inteligência e 2) com desonestidade. Sempre a escolhi o primeiro caminho, por princípios de conduta de vida. Depois de escolher o caminho, construí e estou construindo minha. Acredito que ter sucesso no que se faz, seja lá no que for, depende mais de habilidade do que de sorte. É enxergar a oportunidade onde poucos a veem. É fazer a coisa certa e bem feita. Ter foco no que deseja realizar e disciplina para não perder esse foco. Para isso, estudei e estudo muito sobre empreendedorismo e tudo o mais que o envolve.

13. Ninguém está isento de calúnias e todos os que se dão bem nalguma área da vida são particularmente propensos a isso. Advogados em geral são demonizados e você, apesar dos esforços que faz, não está livre disso. Houve um equívoco quanto a sua pessoa já devidamente esclarecido. Isso já foi feito em vídeo. Gostaria que agora, por escrito, dirimisse todas e quaisquer dúvidas a respeito do que houve.

Penso que esse mal-entendido já foi mais do que esclarecido. Tratava-se de um caso envolvendo outro advogado de mesmo nome.

14.  Como se não bastasse tudo o que já expusemos a seu respeito, você ainda tem sonhos literários e inclusive uma obra inédita já escrita.

Tenho muitos sonhos, inclusive o de lançar meu livro um dia. No momento certo vou transformar esse sonho em realidade.

15. Que conselhos e dicas você daria aos que vierem a ler esta entrevista? Tenha em mente os jovens e também aqueles que se sentem frustrados na vida.

Busquem o conhecimento, pois é a única forma saudável de transcender a realidade em que se vive. 

16. Continua a crer na máxima de que “O único lugar em que o sucesso vem antes de trabalho é no dicionário”?

Sem dúvidas! Não basta sonhar. Esforço e disciplina são vitais para se alcançar o sucesso. Isso significa que muitas vezes precisamos fazer escolhas não tão prazerosas, mas que são necessárias. Ex.: ao invés de passar horas jogando vídeo game, é preciso gastar esse tempo acumulando conhecimento.

17. Indique-nos algumas obras dignas de leitura.

Como sou muito curioso e ávido por conhecimento, em cada área tenho alguns escritores que admiro. Em empreendedorismo, gosto de Lair Ribeiro, Robert Kiyosaki, Napolion Hill, Jim Collins etc.; em história, gosto de Yuval Harari; em futurologia, gosto dos livros de Ray Kurzweil e Michio Kaku; em cosmologia, gosto de Carl Sagan. São muitos nomes.

18. Cite um ou mais pensamentos significativos em sua vida.

“O Universo não nos é favorável ou adverso, é-nos indiferente.” (Carl Sagan).


19. Encerremos falando mais um pouco sobre o IMPERIUM, imponente não apenas no nome, mas na estrutura em si. Deixe-nos ao fim os meios de contato para quem quiser alugar o balneário ou o salão de eventos.

Nosso espaço está aberto à visitação e reservas, o que pode ser feito por meio de um agendamento.
Eis os contatos: 99998-0326 (Marcelo) ou 99675-3200 (Leninha).

 O entrevistado, Marcelo Pinheiro.