APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores)

A APOESC (Associação de Poetas Escritores Simpatizantes e Colaboradores), criada em 03.2010 em Santa Cruz -RN, existe para congregar amantes da cultura, apologistas e produtores da arte da palavra.


terça-feira, 9 de outubro de 2012

DOIS AMIGOS – DUAS ALEGRIAS - Marcos Cavalcanti


Quero compartilhar com os leitores duas alegrias que tive nos últimos dias. A primeira foi ter assistido ao nosso conterrâneo Hugo Tavares na TV Senado, dando entrevista num programa cujo título se confunde com a própria história de vida e fazer pedagógico de Tavares: “Cidadania”. É o reconhecimento, no plano nacional, de um trabalho de conscientização importantíssimo que ele desenvolve desde 2004, e do qual, como um soldadinho do exército capitaneado por ele, contribuo modestamente e com grande satisfação. É muito bom ver alguém do nosso dia a dia, do nosso convívio, por seus próprios méritos e obstinação, alcançar este patamar. O “Poeta das Águas”, fez-se também o “Poeta da Cidadania” e com sua criatividadee criticidade vem ajudando o povo a pensar a sua condição de “ser cidadão”.

A razão da dupla alegria veio-me com a notícia da Tribuna do Norte de (07/10) referente à uma grande amiga que conheci quando trabalhei na Secretaria Estadual de Educação, e com a qual aprendi muitas lições no trabalho diário e nas várias viagens que fizemos por este estado à fora, como integrantes da equipe do Proler. Salizete Soares é o seu nome, ou Sali, como carinhosamente a chamo. O seu feito? Como escritora norte-riograndense dedicada à literatura infantil, foi classificada entre os 10 finalistas do prêmio Jabuti nesta categoria, que é uma das mais concorridas no mais importante certame dedicado à literatura nacional. Salizete concorre com o livro "Mundo pra que te quero?” (editora Paulinas), livro em que alia sua sensibilidade poética com reflexão filosófica vertida em linguagem apropriada ao encantamento e descobertas dos leitores mirins. É um privilégio gozar de sua amizade, o que me permitiu também ser agraciado com uma apresentação de sua lavra para o meu inédito “Deu a louca no Zoo e outros bichos”, por suas mãos também fui apresentado a um dos maiores escritores de literatura infantil do país, o mineiro Bartolomeu Campos de Queirós, falecido recentemente. Desejo a Salizete sorte, porque todas as qualidades para ganhar o prêmio, o seu livro, certamente já possui.

                                        Foto: Marcos, Erileide e Salizete na Feira do Livro de Caicó-RN